Como mudo a polaridade da fonte de alimentação?

AN-08

A maioria das fontes de alimentação de alta tensão usa um circuito chamado multiplicador de tensão para criar a saída de alta tensão desejada. Esse circuito multiplicador básico está mostrado abaixo no diagrama de blocos simplificado de fonte de alimentação.

O circuito multiplicador é composto de um arranjo de capacitores e diodos. A orientação dos diodos determinará a polaridade de saída da unidade. No exemplo acima, os diodos mostrados criariam uma polaridade de saída positiva em relação a terra. Se a orientação de cada diodo fosse invertida, o multiplicador geraria uma tensão de saída negativa em relação a terra.

O exemplo acima mostra apenas um multiplicador de meia onda de dois estágios, usando um total de quatro diodos. Multiplicadores de estágios de onda completa são mais eficientes e usam capacitores adicionais e o dobro do número de diodos. Para gerar as altas tensões típicas de uma fonte Spellman, são conectados em série muitos estágios multiplicadores. Se fosse feito um multiplicador de onda completa de doze estágios, seria necessário um total de 48 diodos.

Tipicamente os capacitores e diodos usados para fabricar um conjunto multiplicador são soldados diretamente a um único ou às vezes várias placas de circuito impresso. Esse conjunto é frequentemente encapsulado para fins de isolamento de alta tensão.

Para simplificar o processo de reversão da polaridade (como no caso da Série SL), um segundo multiplicador de "polaridade oposta" é fornecido acima de 8kV, quando for requerida reversibilidade. Trocar o multiplicador é uma tarefa simples, necessitando apenas uma chave de fenda e alguns minutos. As unidades de estilo modular, devido a seus projetos simplificados, são tipicamente incapazes de ter sua polaridade mudada no campo.