Polaridade fixa, polaridade reversível, operação de quatro quadrantes … uma simples explicação.

AN-10

A maioria dos produtos que a Spellman fabrica e vende são fontes de alimentação de alta tensão CC. As fontes de alimentação CC têm algumas limitações fundamentais quanto a sua capacidade operacional. Para entender o que uma típica fonte de alimentação de alta tensão CC pode fazer com relação à tensão e corrente de saída, e convenção de potência é útil usar um sistema de coordenadas cartesianas conforme mostrado na figura abaixo.

A corrente e tensão de saída são mostradas nos respectivos eixos horizontal e vertical e quatro quadrantes operacionais são criados.

Os quadrantes Um e Três são os parâmetros operacionais característicos de uma fonte de alimentação onde potência está sendo fornecida para a saída. O quadrante Um identifica uma fonte de alimentação de polaridade de saída positiva ao passo que o quadrante Três identifica uma fonte de alimentação de saída de polaridade negativa. Os quadrantes Dois e Quatro são os parâmetros operacionais característicos de uma carga onde a potência está sendo absorvida da saída. Esse domínio não é tipicamente uma capacidade funcional das fontes de alimentação de alta tensão CC padrões da Spellman.

Muitas fontes de alimentação da Spellman realmente têm a capacidade de inverter sua polaridade de saída; tipicamente uma alteração com fio ou uma troca completa da seção de saída de alta tensão é necessária. Devido a este fato nossas unidades não podem controlar suavemente e de maneira contínua através de zero e para trás e para frente cruzado facilmente entre os quadrantes Um e Três. Mesmo as unidades como nossa Série CZE que têm seções de saída positiva e negativa completas e distintas que usam um relé de alta tensão para alterar a polaridade de saída ainda exigem que a tensão de saída abaixe integralmente a zero antes que uma alteração de polaridade possa ser implementada.